blog >>> Investimentos

Como funciona o investimento em Bitcoin? Vale a pena? É seguro?

por Redação 14/10/2021

Ele foi a primeira criptomoeda do mundo e, sem dúvidas, é a moeda virtual mais famosa, principalmente devido à sua cotação — que não para de subir. Muitos já investem e outros tantos querem começar, mas afinal, como funciona o investimento do Bitcoin? Será que realmente é seguro e vale a pena?

A menina dos olhos para muitos investidores, o Bitcoin teve uma alta de 303% em 2020, indo de US $7.300 para US $29.433, o que fez dele um dos investimentos mais valorizados deste período.

Convertendo para o real e considerando a alta do dólar, essa valorização equivale a 419%, indo de R$ 29.399 para R$ 152.700.

Atualmente, em outubro de 2021, sua cotação está em US $54.978,00, o que deixa claro que a primeira moeda digital continua sua escalada, atraindo a atenção de muita gente.

Se você é uma dessas pessoas ou simplesmente está pensando em aplicar em criptomoedas para diversificar sua carteira, que tal aprender como funciona o investimento do Bitcoin?

Neste post, explicamos o que é um investimento em Bitcoin, como funciona, por que faz tanto sucesso e por onde começar. Boa leitura!

O que é Bitcoin?

o que é Bitcoin

Criado em 2008 por Satoshi Nakamoto, o Bitcoin (BTC) foi a primeira criptomoeda. Trata-se de uma moeda digital mundial descentralizada, o que significa que ela não é controlada por nenhum governo ou banco, tendo seu valor regulado pelo próprio mercado.

Para se aprofundar nessa história e conhecer a origem do Bitcoin, confira o super vídeo que fizemos sobre o assunto:

Mas por que o Bitcoin faz tanto sucesso?

Um dos grandes motivos da popularidade do Bitcoin está no fato de ele ser considerado a “criptomoeda original”, já que foi a primeira a ser criada e permaneceu sendo a única durante dois anos, até que começaram a surgir outras.

Outra grande razão é seu alto valor, que em outubro de 2021 está em US $54.978,00, muito à frente da segunda colocada, Ethereum, que atualmente está cotada em US $3.594,33.

O que é um investimento em Bitcoin?

Um investimento em Bitcoin é basicamente um investimento em criptomoeda, no qual você não obtém rendimentos só por ter comprado, mas sim quando vende. Ou seja, depende da sua valorização para gerar lucro.

Por ser uma moeda descentralizada, o Bitcoin não está atrelado a nenhuma economia estatal, o que significa que não há nenhuma regulamentação específica sobre ela. Logo, sua cotação é influenciada apenas pela lei da oferta e demanda e pelas expectativas do mercado em relação a notícias sobre ela.

Como funciona o investimento em Bitcoin?

De modo geral, o investimento em Bitcoin funciona da seguinte forma: você compra a criptomoeda, espera ela valorizar, e então vende, lucrando com a diferença entre essas operações. A ideia é bem simples, concorda?

Como você pode perceber, não é como outros tipos de aplicações, nos quais você simplesmente deposita o seu dinheiro e espera ele render. No caso do investimento em Bitcoin, é necessário ter uma postura ativa, comprando e vendendo. Ou seja, seu lucro depende diretamente da valorização da criptomoeda no ato da venda.

No entanto, este rendimento não é previsível, uma vez que, assim como outras criptomoedas, o valor do Bitcoin está sempre oscilando. Pode ser que você compre e ele tenha uma alta no mês seguinte, gerando lucro na venda, como ele pode cair. De qualquer modo, assim como para ações, a ideia é nunca vender em baixa.

Vale lembrar que, diferentemente do mercado de ações, no qual as bolsas possuem horário de funcionamento, o mercado de criptomoedas está ativo 24h por dia, 7/7, o ano inteiro.

Outro aspecto importante sobre o investimento em Bitcoin é que não é necessário comprar uma moeda inteira, ou seja, é possível adquirir uma fração dela, conhecida como Satoshi, em referência ao pseudônimo utilizado pelo criador da criptomoeda.

>>> Fizemos um levantamento sobre as criptomoedas mais promissoras para 2022: leia aqui!

Quando investir em Bitcoin?

o que é um investimento Bitcoin

Mesmo que, até então, você não soubesse como funciona o investimento do Bitcoin, é bem provável que já tenha visto notícias envolvendo a criptomoeda na mídia, geralmente nos períodos em que a moeda digital bate recordes de valorização.

Momentos como este sempre atraem a atenção de investidores iniciantes que, deslumbrados com o potencial de lucro, começam a investir, o que é um erro, afinal, períodos de grande alta são seguidos por quedas, frustrando os novatos no ramo.

“Mas então, quando eu devo começar a investir em Bitcoin?”

A grande verdade é que o Bitcoin é uma moeda extremamente volátil, ou seja, sua cotação oscila muito, tornando difícil prever sua variação. Logo, o melhor que se pode fazer neste sentido, é acompanhar análises técnicas de especialistas em criptomoedas, a fim de identificar momentos oportunos para a compra de Bitcoin.

Como investir em Bitcoin?

Há basicamente duas formas de se investir em Bitcoins: a primeira delas é comprando de uma pessoa que esteja vendendo.

No entanto, se você é um investidor iniciante, talvez seja mais fácil investir por meio de uma corretora que atue no mercado das criptomoedas. E aqui vale aquelas recomendações de sempre: busque por empresas confiáveis, com mais tempo de mercado e uma boa reputação.

Quanto posso investir em Bitcoin?

A pergunta que muitos fazem é: “Qual o valor mínimo para investir em Bitcoin?” e a resposta é: depende. Cada corretora possui suas próprias taxas, incluindo um valor mínimo para depósito. Vale a pena pesquisar entre as principais corretoras que trabalham com Bitcoin e verificar qual se encaixa melhor no seu perfil.

Quanto a um valor máximo, aí depende exclusivamente de você, mas lembre-se: o investimento em Bitcoin, como em qualquer outra criptomoeda, é uma aplicação de alto risco, portanto, nunca invista mais do que você está disposto a perder.

Vale a pena investir em Bitcoin? É seguro?

quanto posso investir no Bitcoin

Essas são questões muito difíceis de responder, pois há vários critérios em jogo, além, é claro, do perfil de cada investidor.

O fato de a cotação do Bitcoin alcançar valores altíssimos atrai a atenção de muita gente interessada na possibilidade de lucro. No entanto, é preciso destacar que todo investimento tem seu risco, e o grande problema do Bitcoin é sua alta volatilidade.

Para você ter uma noção, hoje, 9 de outubro de 2021, sua cotação está em US $54.978,00, mas em 13 de abril deste mesmo ano, a criptomoeda chegou a valer US $63.518,00 e no dia 20 de julho, caiu para US $29.806,10. No próximo mês, ele pode voltar ao patamar de abril ou cair novamente, tudo depende do mercado, entende?

Para saber se vale a pena investir em Bitcoin e em outras criptomoedas, e entender como esse mercado funciona, confira este vídeo super completo que fizemos sobre o assunto:

Ficou claro como funciona o investimento em Bitcoin?

O Bitcoin é caracterizado como um investimento de alto risco por conta de sua volatilidade. Ao fazer esse tipo de aplicação, é preciso ter clareza de que a cotação da criptomoeda pode subir muito e te render bons lucros, mas também pode cair.

Tenha em mente que se a cotação cair, você precisará ter paciência e aguardar ela voltar a subir para poder vender, do contrário, ficará no prejuízo. Ou seja, é preciso ter um coração forte e equilíbrio emocional para lidar com as incertezas do mercado.

Afinal, como diria Warren Buffet: “Se você não pode controlar suas emoções, você não pode controlar o seu dinheiro”.

A boa notícia é que você não precisa fazer isso sozinho! Há ótimas corretoras no mercado que podem ajudá-lo a investir com segurança, pois contam com times que aliam experiência e conhecimento. Esse é o caso da XP Investimentos.

Agora que você sabe como funciona o investimento do Bitcoin, pode decidir se vale a pena ou não, com base no seu perfil de investidor. E para te ajudar, separamos alguns artigos relacionados ao tema para que você tire todas as suas dúvidas antes de investir:

Redação

>>> Newsletter

Informações, novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.