blog >>> Trading

Especulação financeira: significado, quem faz e diferenças para investir

por Redação Xpeed 28/07/2021

Se você não sabe exatamente o que é especulação financeira ou como usá-la a seu favor, leia com atenção este conteúdo.

Antes de tudo, saiba que a especulação costuma acompanhar o cenário de investimentos mais arriscados, como ações e o que envolve a própria Bolsa de Valores.

Para desvendar o tema, vamos abordar as principais camadas que o compreendem.

 

O que é especulação financeira

Basicamente, no mercado financeiro, a especulação se trata de uma estratégia de movimentação similar a uma aposta.

Isso porque é uma estratégia que envolve riscos maiores que a média e, assim, pode garantir lucros maiores – caso dê certo.

Em outras palavras, tem como objetivo lucrar mais dentro de um período curto, o que faz com que o investidor assuma riscos maiores do que o habitual.

Apesar de ser encarada como uma espécie de aposta, vale dizer que a especulação é uma aposta feita com base em estimativas sobre como o mercado vai se comportar.

E ela pode ser feita com os mais diversos ativos, como:

  • Ações;
  • Títulos públicos;
  • Moedas estrangeiras;
  • Commodities;
  • Até imóveis.

 

Como funciona a especulação financeira

Bom, trazendo para como acontece na prática, a especulação financeira consiste na compra de ativos em baixa para depois serem vendidos em alta.

Isso pode representar ganhos significativos, já que, em tese, suas cotações estariam bem mais valorizadas do que quando o investidor comprou os ativos.

Mesmo assim, uma característica marcante da especulação financeira é a incerteza, uma vez que todos os riscos tomados pelo investidor podem ou não trazer os resultados esperados.

Além dessa, outras mais fazem da especulação financeira uma atividade diferente de investir.

Para se ter ideia, dois grandes tipos de especulação no mercado financeiro são o day trade e o swing trade.

 

Day trade

Uma operação de day trade é aquela que acontece em um mesmo dia, durante um mesmo pregão.

“Como assim?”

Todas as transações envolvendo aquela operação são começadas e finalizadas em um mesmo dia, seja de compra ou de venda de um ativo, durando, no máximo, algumas horas.

 

Swing trade

Esse é uma operação que tem duração maior que o day trade.

Assim, a abertura e o fechamento da operação acontecem em pregões de dias diferentes na Bolsa, neste caso.

 

Curto prazo

Como você leu no primeiro tópico deste texto, a especulação financeira tem foco sempre no curto prazo, com as operações podendo durar apenas algumas horas, por exemplo.

Dessa forma, os resultados da operação ou operações costumam ser checados rapidamente.

 

Risco e volatilidade dos ativos

Não só o risco desse tipo de operação geralmente é maior, bem como a volatilidade dos ativos em questão acaba sendo figurinha carimbada.

 

Quem faz especulação financeira?

Com as características que esse processo possui, nem todo investidor deve se dedicar à especulação financeiramente, somente aqueles que realmente se preparam para o que esse contexto exige.

Aliás, para se tornar um bom especulador financeiro, é importante que você ou outro investidor detenha algumas características essenciais, como:

  • Experiência no mercado e conhecimento técnico;
  • Autocontrole emocional;
  • Paciência para ganhar dinheiro.

Isso mesmo: apesar da especulação atuar no curto prazo, o especulador deve ter paciência e inteligência para não sair muito cedo do mercado em alguns momentos.

Para ter sucesso nessa ação, é preciso, em geral, ser ágil, experiente e ter um bom capital, além de contar com um pouco de sorte.

 

As principais diferenças entre especular e investir

Algumas pessoas (talvez muitas) podem confundir bastante o que é especular e o que é investir – só que isso pode ser muito perigoso para o investidor e representar grandes perdas.

Pensando justamente nisso, trazemos este ponto para que entenda mais nitidamente as diferenças entre um e outro.

No investimento, por exemplo, a principal preocupação é com o rendimento que determinado ativo vai oferecer, enquanto na especulação, é com o movimento que o ativo terá no mercado.

Resumimos as característica de cada um em duas listas abaixo:

  1. Especulação
  • Expectativa de ganhos rápidos e voláteis;
  • Risco de grandes perdas;
  • Realização de muitas negociações;
  • Muitas projeções sobre gráficos e dados das transações;
  • Perfil de investidor agressivo, que busca encontrar atalhos para enriquecer.

 

  1. Investimento
  • Expectativa de ganhos lentos e consistentes;
  • Proteção de capital ao máximo;
  • Manutenção dos ativos, mesmo depois de comprados;
  • Estudo afundo do investimento em si;

Perfil de investidor moderado ou conservador, que pretende enriquecer ao longo dos anos.

Botão Quero Aprender Sobre a Análise Técnica

Redação Xpeed

>>> Newsletter

Informações, novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.