blog >>> Investimentos

Investimentos seguros e rentáveis: quais são os 5 melhores?

por Redação 28/04/2022

Você já se perguntou se existe investimento seguro e rentável? Pois saiba que não é o único! Isso porque essa dúvida é bem comum para quem quer ver seu dinheiro render, mas não quer enfrentar a volatilidade do mercado.

A boa notícia é que sim, existem várias formas de investimento seguras e que podem oferecer boas rentabilidades.

Quer saber quais são as principais? Então confira o artigo a seguir, pois nele trouxemos cinco das melhores opções para você começar a investir hoje mesmo!

Quais os 5 investimentos mais seguros e rentáveis?  

1. Tesouro Direto 

Uma das principais opções    de investimento seguro e rentável é o Tesouro Direto. Ele foi criado em 2002 com o intuito de permitir que pessoas físicas pudessem adquirir papéis do governo.

O funcionamento do Tesouro Direto é bem simples: pessoas comuns emprestam dinheiro para o Governo Federal. Esse valor é devolvido, com juros, dentro de uma data acordada.

As principais vantagens dessa modalidade de investimento são:

  • segurança, pois o dinheiro é emprestado ao governo, portanto há garantia de recebimento;
  • bom rendimento, que é maior que o da poupança;
  • é possível investir com pouco, já que existem títulos a partir de R$ 30;
  • tem liquidez diária uma vez que é possível resgatar o dinheiro a qualquer momento.

Quando se fala de rentabilidade, existem três tipos de títulos do Tesouro Direto disponíveis:

  • prefixados: já é possível saber de quanto será o rendimento final;
  • pós-fixados: com os ganhos vinculados a algum tipo de indexador. Mais arriscadosde não oferecer o retorno esperado, pois o valor pode variar de acordo com o indexador utilizado. Porém, ele tem chances de obter um rendimento maior;
  • e híbridos: parte do valor é fixo e parte é calculado por um indexador.

2. Certificado de Depósito Bancário

Outra possibilidade para quem procura por formas de investimento seguras é o Certificado de Depósito Bancário, também conhecido popularmente pela sigla CDB.

“Mas o que é isso e por que ele é considerado um investimento seguro e rentável?”

Bem, em primeiro lugar, o CDB é um tipo de empréstimo em que pessoas físicas podem fazer a uma instituição financeira, com a promessa de receber o valor acrescido de juros depois de um determinado período acordado com contrato.

Ele é considerado seguro, especialmente por ser coberto pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Isso significa que, caso o banco declare falência, o investidor poderá reaver o valor que foi aplicado, contanto que ele esteja dentro do limite de R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

Os CDBs também são bastante atraentes em questão de rentabilidade. É preciso, no entanto, ter em mente que quanto maior é a promessa de rendimento, maiores são os riscos da operação não ser frutífera.

Por isso, é importante avaliar bem a situação e os seus objetivos antes de começar qualquer investimento do tipo.

3. Letras de Crédito

Outro tipo de investimento seguro e rentável são as Letras de Crédito. Basicamente, existem dois tipos: as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e as Letras de Crédito do Agronegócio (LCA).

As duas funcionam de maneira bem semelhante: um investidor faz um empréstimo a uma instituição financeira e recebe o valor com juros. A diferença está no que esse dinheiro será investido, que é no mercado imobiliário para as LCIs e no agronegócio para as LCAs.

Esse tipo de aplicação é protegida pelo FGC. Portanto, é considerada bastante segura e, quando adquirida na modalidade prefixada, é possível até mesmo saber exatamente o quanto você receberá na hora de fechar o negócio.

As Letras de Crédito podem oferecer uma rentabilidade um pouco maior, caso sejam pós-fixadas, mas os riscos também aumentam, viu? Portanto, avalie com cuidado o indexador utilizado para verificar se o investimento valerá a pena.

4. Letras de Câmbio 

Quando se pensa em quais os investimentos mais seguros e rentáveis, um tipo que não poderia ficar de fora são as Letras de Câmbio, ou LCs. Elas são aplicações de renda fixa, por isso são consideradas estáveis.

Esse tipo de investimento funciona a partir de empréstimos a uma instituição financeira. Em troca, o investidor recebe o valor acrescido de juros.

A taxa de rendimento das LCs costuma ser maior que os outros tipos já citados neste artigo. Porém, isso também significa que elas costumam oferecer um pouco mais de risco.

No entanto, nada que faça com que sejam consideradas um investimento arrojado, uma vez que são protegidas pelo FGC.

Elas podem ainda serem incluídas em três modalidades de rentabilidade:

  • prefixada;
  • pós-fixada;
  • híbrida.

Quer aprender mais sobre renda fixa? Então confira esse vídeo do canal da Xpeed School e veja como começar a investir nesse setor! É só apertar o play!

5. Letra Hipotecária

Por último, existem as Letras Hipotecárias (LHs), que também são investimentos de renda fixa protegidos pelo FGC. Portanto, são considerados seguros.

Elas funcionam de maneira semelhante às Letras de Crédito. A diferença é que o dinheiro é voltado para hipotecas.

O rendimento das LHs pode ser prefixado ou pós-fixado. Na segunda opção, há, inclusive, a possibilidade desse investimento render mais.

Porém, é preciso saber que os riscos de não ganhar o que era esperado também são maiores. Isso porque ele é calculado em cima de um indexador, que pode ser IPCA, CDI ou vários outros.

O que torna um investimento seguro e rentável?

“Afinal, como identificar formas de investimento seguras?”, pode ser uma dúvida que ficou após você ver as opções que separamos no tópico anterior, mas calma que nós vamos te explicar.

De maneira bem simplificada, para que um investimento seja classificado como seguro e rentável é preciso que ele tenha baixo risco ao mesmo tempo que ofereça oportunidade de ganhos.

Isso significa que as chances do investidor perder o capital devem ser quase nulas e você tenha a possibilidade de sair ganhando no final.

Por esse motivo, os investimentos que aparecem nessa lista são de renda fixa. Neles, é possível ter uma ideia de quanto será o rendimento final, pois têm uma proteção maior contra as flutuações do mercado, e ainda por cima, são cobertos pelo FGC.

Isso significa que mesmo nos casos em que a instituição na qual o investimento foi feito venha a quebrar, o investidor tem a garantia de que receberá de volta o valor aplicado. Desde que ele seja inferior a R$ 250 mil.

Gostou de ver que existem várias opções disponíveis para quem procura um investimento seguro e rentável e quer aprender mais sobre o tema?

Então confere o curso Renda fixa: ganhos com baixo risco, da Xpeed School, e aprenda tudo o que você precisa saber sobre os principais tipos e como começar a fazer seu dinheiro render hoje mesmo!

Imagem da campanha de um curso online sobre "Renda Fixa: Ganhos com Baixo Risco" da Xpeed School.

Redação

>>> Newsletter

Informações, novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.