blog >>> Educação financeira

Liquidez: o que é, importância e exemplos

por Redação Xpeed 01/09/2021

Tema do blog de hoje, liquidez faz parte de um conceito maior, dentro do mundo dos investimentos, chamado: “tripé dos investimentos”.

Nesse termo, ainda há outros dois pilares que são rentabilidade e segurança, mas hoje focaremos mesmo no primeiro pilar mencionado neste texto.

Então, acompanhe a seguir!

 

O que é liquidez e por que é importante 

A liquidez está ligada à capacidade que uma aplicação tem de ser convertida em dinheiro na conta corrente.

Dessa forma, quanto mais rápido o processo de resgate ocorrer e sem perda significativa de valor, mais líquido o investimento é.

Agora, quanto mais alto o rendimento costuma ser, menos líquido um investimento se torna.

A propósito, é por esse e outros motivos que é importante sempre diversificar a sua carteira de investimentos.

Essa diversificação, entre outras vantagens, também te ajuda a ter opções de liquidez para o curto, médio e longo prazo.

O conceito dessa palavra tem grande importância a todos os investidores, principalmente para quem não consegue deixar o dinheiro parado por muito tempo ou precisa utilizá-lo em uma emergência, por exemplo.

Exemplo de boa liquidez?

Tesouro Selic: título público que acompanha a taxa de juros (própria Selic) e pode ser resgatado em D+1 – dia útil seguinte ao pedido, o dinheiro está na sua conta.

Para saber sobre o outro pilar do tripé dos investimentos, rentabilidade, é só acessar este post do nosso blog.

 

Liquidez dos investimentos 

Vale destacar que um bom investimento líquido possui regras que permitem o saque a qualquer momento, sem grandes penalidades.

Por isso, para avaliar se um investimento tem baixa ou alta liquidez e, portanto, antes de escolher a melhor opção para você, atente-se aos seguintes pontos:

  • Carência: período pré-estipulado quando o saque não é permitido;
  • Vencimento: tempo que o ativo precisa ficar aplicado para ter o rendimento prometido no ato da compra;
  • Prazo de resgate: período entre o pedido de resgate e o recebimento do dinheiro.

Uma observação: quanto maior os prazos, menos líquido o investimento.

Além disso, para que analise a rapidez do resgate dos investimentos, conheça os ‘tipos de liquidez’:

  • D+1 ou Liquidez diária: dinheiro entra na conta no próximo dia útil após o pedido de resgate;
  • D+0 ou Liquidez Imediata: a quantia entra na conta no momento do resgate;
  • Liquidez no vencimento: somente no vencimento o dinheiro é depositado;
  • D+30: o pagamento é feito somente após 30 dias da solicitação de resgate;
  • Liquidez nula: sem prazo para o dinheiro entrar na conta.

Apesar de o fator liquidez ser diferente para cada investimento, ele ainda é igualmente importante tanto para as aplicações em renda fixa quanto em renda variável.

 

Renda variável

Aqui, a liquidez acaba sendo mais baixa, até porque a probabilidade de rentabilidade é maior.

Mas na Bolsa de Valores, é possível encontrar um pouco de tudo.

Por exemplo: as ações de empresas grandes e prestigiadas que integram o Ibovespa são mais líquidas porque há mais procura por elas.

Desse modo, caso queira vender uma delas, é mais fácil pedir o resgate.

Agora, nas empresas menores, a liquidez é baixa justamente porque não há grande procura pelas ações, sendo mais difícil vendê-las, se necessário.

 

Renda fixa

Nessa categoria, os investimentos possuem ‘por natureza’ liquidez mais altas.

Para se ter ideia, a aplicação mais líquida nesse caso é a poupança, mas ela está longe de ter uma rentabilidade adequada, por isso não deve ser tão considerada.

De toda forma, há mais alternativas com alta liquidez e rentabilidade mais interessante.

O Tesouro Selic, por exemplo, é uma ótima opção para quem está com a reserva de emergência em andamento.

Caso queira resgatar o dinheiro antes do vencimento, não há descontos, basta pedir o resgate e o dinheiro está na sua conta em 1 dia útil.

Com os CDBs – outro investimento de renda fixa -, há aqueles (alguns, não todos) com liquidez diária que também podem ser uma boa possibilidade.

Lembre-se: pesquise com cautela antes de fazer qualquer escolha.

Botão Quero Aprender Tudo sobre Educação Financeira

Redação Xpeed

>>> Newsletter

Informações, novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.