blog >>> Investimentos

LTN: características, vantagens e desvantagens

por Redação Xpeed 03/09/2021

LTN trata-se de uma aplicação de renda fixa em títulos públicos, sendo especialmente atraente para quem deseja ter retorno, segurança e previsibilidade.

Mesmo fazendo parte de uma categoria de investimento mais segura, é recomendável tanto para investidores mais conservadores e moderados quanto para os mais arrojados ou agressivos – já que diversificação de carteira é um princípio básico de quem investe.

Para que você possa analisar melhor se a LTN é uma alternativa interessante para o seu perfil de investidor, contaremos mais detalhes sobre essa modalidade a seguir.

 

O que é LTN

Bom, primeiro, LTN representa a sigla para Letra do Tesouro Nacional, um título público do Tesouro Direto de taxas prefixadas que, desde 2015, é chamado de Tesouro Prefixado.

Por ser um investimento de renda fixa, é considerado de baixo risco e tem uma rentabilidade determinada (e conhecida) no momento da aplicação – ou seja, prefixada.

Isso significa que se o título rende 10% a.a. (ao ano) no momento da compra, ele renderá exatamente essa porcentagem até a data de validade.

Assim, as Letras do Tesouro Nacional são indicadas para situações em que a taxa de juros prefixada será maior que a taxa básica de juros (Selic) ou que a taxa de inflação (IGP-M ou IPCA).

Para quem opta por aplicar nesse investimento, saiba que é recomendado para quando a economia está sob controle e seus objetivos são de médio prazo (de 3 a 6 anos), como:

  • Trocar de carro;
  • Reformar a casa;
  • Abrir uma empresa.

Tendo o escolhido como seu investimento, vale levar o seu título de investimento até a data de vencimento, porque só assim você garante 100% da sua rentabilidade.

Então, se você pretende fazer uma aplicação em LTN, basta ter uma conta em uma corretora de investimentos e escolher por ela.

 

Tributação e custos

Por essa não ser uma alternativa isenta de custos, as taxas merecem uma certa atenção.

A primeira delas diz respeito à taxa de administração mensal ou incidente sobre o rendimento por parte de uma ou outra instituição financeira.

Enquanto isso, a Bolsa de Valores brasileira (B3) cobra uma pequena taxa de custódia, em percentual.

Agora, quanto aos tributos, o Imposto de Renda é o principal, sendo cobrado segundo a tabela regressiva.

Dessa forma, quanto maior o tempo até o resgate, os custos vão se reduzindo.

Além disso, se o investimento for resgatado antes de 30 dias, ocorre a incidência de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) – acima desse período, o valor é isento.

 

Vantagens de LTN

A LTN se demonstra uma alternativa especialmente interessante por você saber, de antemão, a rentabilidade exata a ser recebida na data de vencimento.

Assim, você possui pelo lado positivo mais segurança e previsibilidade dos seus ganhos.

E mais segurança quer dizer correr menos riscos, e um investimento desse tipo também é ótimo para ser acrescentado à sua carteira, de modo a diversificá-la.

Se você pretende apostar na LTN pela rentabilidade, então vale lembrar para dar uma atenção especial a ela quando a taxa Selic ou a inflação está em queda.

Isso porque seu ganho potencial será maior que títulos pós-fixados associados a essas taxas, por exemplo.

 

Desvantagens de LTN

A maior delas está lidada à liquidez, uma vez que resgatar o título antes da data de vencimento pode significar perdas em relação ao que seria originalmente obtido.

Não bastasse isso, adquirir o dinheiro antes da hora costuma resultar em aumento do pagamento de impostos.

Por último, cuidado para não comprar esse título em períodos de Selic e IPCA em alta.

Se fizer isso, seu investimento se desvalorizará perante outros ligados às taxas citadas acima.

Botão Quero Usar a Renda Fixa para Obter Ganhos com Baixo Risco

Redação Xpeed

>>> Newsletter

Informações, novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.