blog >>> Investimentos

O que são Letras de Câmbio? Quanto rende as LCs?

por Redação 29/10/2021

Para ajudá-lo a compreender o que são Letras de Câmbio, neste artigo vamos mostrar como funciona esse tipo de investimento em renda fixa, quais os tipos de títulos ligados às LCs, além de exemplos e dicas preciosas para que você possa iniciar suas aplicações.

Vamos lá?

O que são Letras de Câmbio?

As Letras de Câmbio, também conhecidas como LCs, são investimentos em renda fixa. Mas, o que são investimentos em renda fixa mesmo?  

Renda Fixa se trata de uma modalidade de investimento mais estável e segura. Sua rentabilidade é previsível, pois é fixada em um percentual mensal ou em algum indicador econômico como a Selic, o CDI e a inflação, por exemplo.

Funciona como um empréstimo que você faz a um banco, uma empresa ou mesmo ao Governo, e em troca recebe um rendimento na forma de juros e/ou correção monetária.

No caso das Letras de Câmbio você empresta dinheiro a uma financeira (instituições financeiras de modo geral) em troca do recebimento de juros

Como funcionam as Letras de Câmbio?

Como as Letras de Câmbio são emitidas por financeiras, elas costumam apresentar rendimentos superiores a produtos mais tradicionais de renda fixa, como CDBs, LCIs e LCAs.

O maior risco associado a esse tipo de investimento é no caso da financeira em questão quebrar. Porém, as LCs são protegidas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que cobre até R$ 250.000, por CPF e por instituição bancária, em casos de falência. 

Lembrando que o valor coberto inclui dinheiro investido + rendimentos, então esse cálculo deve ser levado em consideração.

Se deseja investir um valor maior do que o coberto pelo FGC, o seu risco pode ser um pouco maior. Por isso, para maior segurança, o ideal é dividir essa quantia em mais de uma instituição. 

Fora isso, trata-se de um investimento de risco baixo, assim como a maioria dos investimentos em renda fixa. 

Além disso, as Letras de Câmbio sofrem incidência do Imposto de Renda, recaindo sobre o rendimento e seguindo a tabela regressiva do IR, que funciona da seguinte maneira:

  • de o a 180 dias você pagará uma alíquota de 22,5% sobre o rendimento;
  • de 181 a 360 dias, 20%;
  • de 361 a 720 dias 17,6%
  • e acima de 720 dias 15%.

Exemplos de letras de câmbio e sua rentabilidade

Agora que você já sabe o que são Letras de Câmbio e como elas funcionam, vamos conhecer alguns exemplos e entender o quanto rendem?

As Letras de Câmbio são divididas em prefixadas, pós-fixadas e híbridas, e suas rentabilidades dependem do tipo escolhido para investir. Entenda melhor a seguir!

LCs prefixadas

O rendimento desse tipo de LC incide sobre uma taxa de juros fixos, que é conhecida pelo investidor já no momento da aplicação, permitindo saber quanto será o rendimento ao vencimento do título. 

Por exemplo, se o título render 8% ao ano, não importa o quanto outras taxas como a inflação ou a Selic vão oscilar dentro desse prazo, o seu título vai render 8% ao final do prazo de investimento. 

Esse tipo de Letra de Câmbio é vantajosa se os juros caem dentro desse prazo, mas tem um rendimento abaixo do real se os juros sobem.

LCs pós-fixadas

As LCs pós-fixadas não determinam o rendimento no momento da aplicação, como as prefixadas. Porém, também não são tiros no escuro, pois podem não falar de início o quanto vão render, mas seguem critérios bem determinados na emissão dos títulos.

Por exemplo, ao comprar Letras de Câmbio, você não sabe quanto estará aquela taxa de juros no futuro, mas sabe que aquele título terá sua rentabilidade atrelada a um indicador predeterminado.

Vamos supor que esse indicador seja o CDI. Portanto, CDI para cima ou para baixo, o título acompanha. 

Sendo assim, mesmo que não seja possível saber exatamente qual será o rendimento ao final do prazo de investimento, é possível ter uma ideia dessa remuneração acompanhando as variações do indicador.

A B3 disponibiliza uma ferramenta que permite realizar uma simulação dos rendimentos dos investimentos indexados ao CDI, a CALC.

LCs híbridas

A Letra de Câmbio híbrida combina uma taxa prefixada e outra pós-fixada. Quando você compra o título já sabe que vai render uma taxa predeterminada + a inflação que você só saberá lá na frente. 

Você pode comprar, por exemplo, títulos de Letras de Câmbio assegurados por uma taxa de juros (como 4% ou 5% ao ano) e atrelados à variação da inflação, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Os títulos híbridos são os mais indicados para quem deseja manter o poder de compra e obter ganhos reais sobre a inflação, especialmente se o perfil se enquadra em investimentos a médio e longo prazo.

Como investir em letras de câmbio?

Agora que você já sabe o que são letras de câmbio, deve estar curioso sobre como começar a investir, não é mesmo? Preparamos um pequeno passo a passo para ajudá-lo com isso, acompanhe!

  1. Escolha uma corretora autorizada. A Rico, por exemplo, oferece taxa ZERO para todos os investimentos em renda fixa;
  2. COMPARE títulos prefixados, pós-fixados e híbridos. Veja qual se adequa melhor ao seu perfil de investidor, às suas necessidades e qual oferece melhor remuneração;
  3. Avalie o quanto está disposto a investir. Geralmente, as corretoras exigem um valor mínimo de aplicação;
  4. Lembre-se do limite de R$ 250 mil do FGC por instituição financeira. Para diminuir riscos, caso queira investir mais do que isso em LCA, partilhe o valor entre bancos diferentes;
  5. Atente-se ao prazo de vencimento. Lembre-se de que alguns títulos só permitem o resgate na data do vencimento. O prazo das Letras de Câmbio varia bastante, girando em torno de dois anos e podendo chegar a sete anos. 

Quer saber com ainda mais perícia o que são Letras de Câmbio e como investir, além de se aprofundar em outros investimentos em renda fixa? Então inscreva-se no curso Renda fixa: Ganhos com Baixo Risco.

Neste curso, você tem acesso a conteúdo facilitado por especialistas do mercado, com aprendizado prático e, o melhor, com modelo flexível que se adapta à sua rotina. 

Curtiu? Então clique no banner para se inscrever e invista em conhecimento para potencializar seus lucros! 

Imagem da campanha de um curso online sobre "Renda Fixa: Ganhos com Baixo Risco" da Xpeed School.

Fique de olho também nos conteúdos do blog Xpeed, com publicações diárias para facilitar sua vida de investidor! 

Redação

>>> Newsletter

Informações, novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.